• Por que a obesidade é um risco aos joelhos?

      O joelho é uma das articulações de nosso corpo que mais sofre com o excesso de peso, pois suporta altas cargas.

     Tanto a porção de contato entre o fêmur (osso da coxa) e a rótula (osso do joelho) quanto entre o fêmur e os ossos da perna, são pontos principais de suporte do peso para nos mantermos em pé ou realizarmos atividades físicas.

 

 

 

 

 

  • Qual é a principal lesão nos joelhos em pessoas obesas?

            É a lesão da cartilagem dos joelhos, que, progressivamente, poderá evoluir para a artrose.

            A artrose é uma doença de caráter inflamatório e degenerativo das articulações causada pelo desgaste da cartilagem que as revestem. Os joelhos, são uma das articulações mais acometidas pela artrose pelo e impacto que suportam.

 

 

  • Como os sintomas podem aparecer?

      Geralmente, o primeiro sintoma a aparecer e que faz com que o paciente procure um ortopedista é a dor.

     A dor se inicia durante a realização de exercícios físicos. Pode estar associada ou não à presença de inchaço, estalidos, sensações de crepitações nos joelhos ou restrições à movimentação.

 

 

  • Quais devem ser os cuidados com os joelhos em pacientes obesos?

      É muito comum que as pessoas que estão acima do peso, comecem a tentar emagrecer a partir da prática de exercícios físicos de alto impacto como corrida e futebol.

     Mas isso é perigoso!

     Atividades de grande impacto já tem potencial lesivo; se ainda houver excesso de peso, a carga que os joelhos deverão suportar serão excessivamente altas e as lesões poderão aparecer.

 

 

  • Quais exercícios são recomendados para quem quer emagrecer?

     Primeiro, é importante tentar a redução do peso através de exercícios físicos menos impactantes como hidroginástica, natação e musculação; além de uma alimentação saudável.

     Posteriormente, após atingir o peso ideal e fortalecimento muscular, atividades de alto impacto poderão ser iniciadas de modo progressivo, de acordo com cada caso.